1.27.2011

Buenos!

Buenos! Buenos aires estoy viviendo.
Essa tua pele branca com a minha queimada, faz de nosso reflexo no espelho uma arte, uma beleza misturada.
Esse sorriso que diz tudo e nada, que me leve e me trás.
Buenos!
Que o ritmo da dança continue e que a musica não pare de tocar.
Breja, seja, nossa. Você em mim, nós, um mundo imenso pra explorar.
Contudo, o que fica é a frase: E quem não quer?

2 comentários:

Kari disse...

Pequeno, porém intenso.
Eu quero! Digo logo!!!
hehehehehe

Beijos

Rolando disse...

ola. estive por aqui. interessante. apareça por la. abraços