11.10.2006

Ser palhaço!

- Aplausos! Aplausos! Aplausos para o Palhaço Pipoca!!! - gritava o animador.
Saindo do picadeiro dando tchau para o publico, o palhaço Pipoca foi para as cochias onde tinha um cantinho só seu, foi tirar sua maquiagem. E como ritual abriu sua caixinha de musica, tranquila e com sonzinho de saudade. Pegou seu pedaço de espelho quebrado e começou a tirar sua maquiagem. Em cada parte da sua maquiagem retirada, seu rosto aparecia, o palhaço começou a se ver, diferente de como os viam; olhou para os lados e percebeu uma criança olhando para ele e sem querer estragar a imaginação, pediu para criança voltar para junto de sua mãe e a criança respondeu:
- Não tenho mãe... - enchendo os olhos de lágrimas.
O palhaço sem jeito, tentou arriscar novamente:
- Então volte e fique com seu pai.
- Não tenho pai... - respondeu o menino com uma lágrima caindo de seus olhos.
- Então o que você está fazendo aqui? - perguntou o palhaço, embaraçado.
- Queria ser palhaço, pensei que sendo palhaço meu mundo seria diferente, mas percebi que ser palhaço também é ser sozinho. Percebi que você faz as pessoas rirem, mas seu coração é triste...
O palhaço não aguentando as palavras do menino, que vinha ao seu encontro, começou a chorar e em soluços disse:
- Saiba que o Palhaço Pipoca existe e vem todas as noites para alegrar crianças como você, mesmo eu sendo triste e sozinho me sinto bem em deixar o palhaço Pipoca entrar em mim e fazer pessoas felizes. E se você tem o sonho de ser palhaço não desista, pois quando o palhaço Pipoca morrer, você estará alegrando o coraçãozinho de várias crianças.
- Me ensina a ser palhaço! ( disse o menino )
- Aprenda comigo, isso não se ensina, se vive! Agora vai em busca do seu sonho...
O menino reflexivo deu uma ultima olhada para o palhaço e saiu.
Anos após, o palhaço Pipoca, estava muito doente e não conseguia mais trabalhar no circo e por isso estava num asilo esperando o seu dia chegar, quando de repente a coordenadora do asilo o chamou e disse que havia um rapaz a sua espera, andando muito lentamente foi a recepção e viu aquele rapaz que logo o abraçou fortemente e disse chorando:
- Obrigado!
- Obrigado por que meu filho? ( disse pipoca )
- O senhor se lembra daquele menino que um dia te viu nas cochias tirando a maquiagem?
- ( lembrando ) sim! aquele dia foi de grande importância pra mim...Percebi o quanto eu mexia com a imaginação das crianças e também o meu dever aqui na terra...
- Pois então, aquele menino sou eu...E queria agradecer pelo o que o senhor fez por mim...
O velho palhaço com olhos cansados e apagados deixava cair lágrimas. E o rapaz continuava:
- Hoje sou um palhaço e tenho meu próprio circo...E queria a tua benção para continuar minha função pelo mundo...
- Meu filho! estou feliz ! não precisa de benção, você já está sendo abençoado por levar alegria às pessoas...Quero que continue levando essa missão ao mundo e não deixe essa luz se apagar...Plante essa semente sem esquecer que " isso não se ensina, se vive"...
O velho palhaço deu um abraço no rapaz e o deixou, indo para seu quarto...Naquela noite o velho palhaço Pipoca morreu, morreu feliz, pois ao encontrarem seu corpo, ele estava sorrindo com seu nariz de palhaço e com sua caixinha de musica ligada e com um bilhete..." SER PALHAÇO É SER ILUMINADO! SER PALHAÇO É UM PRESENTE, DADO A POUCOS...FUI FELIZ, POR QUE FUI PALHAÇO! "


Texto: Adriano Veríssimo




Dedico esse texto a todos os palhaços! Iluminados! e aos meus amigos do Senac, que estamos por um processo de circo e estamos percebendo o quanto é difícil o trabalho dos circenses e dos palhaços...

Mas queria dedicar em especial para o Alê...Q é o nosso Clown Oficial e para o Filipe, q tem o dom de ser palhaço...

Grande Beijo,

Adriano Veríssimo

5 comentários:

Alê disse...

"Clown Oficial"??? Vai te catá, ô!!! ;-) hehehehe...

O Véio disse...

Lindo, Adriano! Já percebi que seus talentos são os mais variados possíveis!

;-)

Edinho.

TATIANA disse...

Dri,
Vc é um fofo!!!
Bjin Tati

me disse...

o véio me disse...
... e eu vim conferir...
gato! tu tah arrasando!!!
muito lindo
parabéns

(em breve esse texto fará parte das correntes e powerpoints da vida, tow ateh vendo... rs)

bjoks

pensamento disse...

oi uma pessoa comun gostaria deixar meu umlide comentario para circo di sulei por que não algria para todos não grupinho selto não digo voçes presizem de dinheiro todu mundo nesecita mais pelo menos um dia dedicado as pessas carentes para que tem mais motivos chorar do para sorrir espero alguem leia isso