4.16.2009

Oxalá

Os eixos se encaixando e a vida começa a ter forma novamente; o que antes era desespero, agora é noite de sono profundo. Os olhos estranham as manhãs, mas esperançosos dos longos dias que virão e eles reluzam a felicidade de seu dono.
Oxalá tivesse desistido, oxalá houvesse outra maneira, oxalá que as coisas aconteçam, pois o pior já passou.

Pensamento nessa manhã de céu cinza, na varanda de casa:

"Os dias mudam
e a gente pode sofrer no caminho,
mas repare......

Os pássaros ainda cantam!"

11 comentários:

Clara disse...

que delicia..
A varanda de casa....

Sorte e sossego...

Libélula da Noite disse...

minhas noites ainda trazem desespero...
Será que realmente passa?
Me sinto assim há muito tempo
Abro os olhos de manhã, agradeço por um novo dia e já me preparo pra não me sentir tão bem, me sentir desgosta com a vida, com td a minha volta
Pra me lembrar de que sou um passatempo, que de nada adianta eu me esforças, eu simplesmente não encontro um amor...

Talvez os pássaros cantem por que eles não sentem o que estou sentindo...
Por que eles não tenhma tantas preocupações, tantos medos, tantas obrigações, tantas duvidas...

Queria ser uma borboleta, para só voar, e voar... Sem pressa de chegar

Gabriela Magnani disse...

Tenho que me lembrar disso: atrás das nuvens cinzas sempre existe um sol sorrindo para você.

B!@ disse...

Gostei, pensamento profundo, deixa uma sensação de calma, uma espécie de nostalgia boa que nos deixa refletir.

Adriano Veríssimo disse...

Clarinha,

Sossego...sinto isso!
= )
te amo

....

Libelula,
Primeiro quero dizer que fiquei surpreso contigo por aqui, fazia tempo q não "te lia", que não te via por aqui e confesso ter sumido um pouco de suas terras...

E fiquei supreso com tanta desilusão, com esperança frustrada, com tanto amor pra dar e ninguém a receber...me senti igual, desesperado por alguém, por alguém que não me ouve, alguem que me procura e não me encontra...Nada, nenhum sentimento se vive sozinho, ou ele é unicamente seu, todos já passamos por isso, mas tiro proveito disso tudo, nesses dias me pego mais maduro, talvez mais seco tb, mais racional, menos paixão, mas vou te dizer, que nesses dias ouço os pássaros cantar e sabe o que é gostoso? Eles somente vivem e cantam. Será necessário tanta dor e ressentimentos?. Hoje, não sei amanhã, mas hoje eu digo: É gostoso ver o sol e sentir o vento, e estar sozinho, muitas das vezes é privilégio. Não deixe que os dias tortuosos de carência se prorroguem, mais do que a noite, da masturbação, o restante é "canto".

...se tiver que levantar vôo, voe, mas saiba como pousar depois.

Essa é minha mensagem pra vc.

Um beijo enorme

e se cuida

= )

......

Gaby,
Exatamente...
Mesmo num céu cinza, OS PÁSSAROS AINDA CANTAM...

= )

Beijo

......

Bia,
Q bom que gostou...
Fico feliz de vê-la por aqui tb.
Esteja sempre a vontade para embarcar nesta viagem.

Um beijo

= )

Gabriela Magnani disse...

É, as vezes é bom mesmo lembrar de uma época, mas as vezes não, argh!

Adriano Veríssimo disse...

Gaby,

ah sim, com certeza...mas todo passado, por mais amargo e seco, vale apena ser lembrado, afinal, não tem pq fugir da própria vida, vida vivida...

= )

Libélula da Noite disse...

não sei se eu voar se saberei pousar...
espero q sim...

Obrigada pela mensagem;;;

bjs

Theo Valois disse...

lindoooo

Adriano Veríssimo disse...

Libelula,
A gente aprende a voar e pousar, mesmo que não seja um belo pouco, com alguns arranhões, a gente chega em terra firme. Sempre.

Beijo

.........

Theo,
Obrigado. Saudade!

Anónimo disse...

Mudar de caminho, nem sempre é bom. Mas fico feliz por você ter escolhido a certa.

Rick