1.12.2007

10 ( dez ) Momentos Marcantes - DÉCIMO

[ choro ]

[ lágrimas, lágrimas ]

Não! Não acredito!

[ chorando como uma criança ]

Preciso apoiar minha mãe...

( abraçando sua mãe, ao lado caixão )

{ " Pai nosso que estás no céu..." }

Ele sofreu tanto né mãe?

[ chorando ]

{ " santificado seja vosso nome..." }

Mãe! Não fica assim, foi melhor, ele estava sofrendo...

[ em soluços ]

{ " venha a nós vosso reino..." }

Foi muito triste, eu estava em casa, ele disse para eu ir comprar o remédio dele, e resmungou " Hoje é meu dia", eu ouvi, mas não acreditei. Ficamos a tarde toda juntos, pois eu era quem ficava com ele a tarde depois que chegava do colégio, todos trabalhavam. A noite, eu e meu irmão já estavamos no quarto, assistindo TV; ele começou a tossir muito, mais que o normal, e não parava, gemia muito de dor, foi quando ele me chamou e a cena era horrível...muito sangue...muito, muito mesmo. Gritei meu irmão e fomos correndo levá-lo para o médico; ele somente gemida, tocia e vomitava sangue. Quando estavamos chegando, ele deu suspiro longo e forte, e morreu, ali, em nossa frente..............

{ " seja feita vossa vontade assim na terra como no céu...amém " }

[ em desespero ]

Não, não fecha! Meu pai!

( a família se abraçando, a mãe e seu três filhos ali - ultimos segundos )

Mãe! Não fica assim...

( abraçando sua mãe )




...

anos depois!

....

Hoje é a pessoa que mais me faz falta! Saudade torturante!

PAI TE AMO!

[ lágrima ]

( Adriano Veríssimo )

3 comentários:

Tati disse...

Amigo, tenha certeza que ele está sempre com vc. E da onde ele estiver, fique certo que ele tem muito orgulho das suas realizações.
Bjos
Amiga sempre
Tati

Tati disse...

Amigo, tenha certeza que ele está sempre com vc. E de onde ele estiver, fique certo que ele tem muito orgulho das suas realizações.
Bjos
Amiga sempre
Tati

Adriano Veríssimo disse...

Obrigado amor!

Sem palavras!

Bjo grande,
seu migow

Dri