6.04.2007

Poesia: Poesia de Antonio Vieira

Poesia
( Antonio Vieira)

A nossa poesia é uma só
Eu não vejo razão pra separar
Todo o conhecimento que está cá
Foi trazido dentro de um só mocó
E ao chegar aqui abriram o nó
E foi como se ela saísse do ovo
A poesia recebeu sangue novo
Elementos deveras salutares
Os nomes dos poetas populares
Deveriam estar na boca do povo

Os livros que vieram para cá
O Lunário e a Missão Abreviada
A donzela Teodora e a fábula
Obrigaram o sertão a estudar
De repente começaram a rimar
A criar um sistema todo novo
O diabo deixou de ser um estorvo
E o boi ocupou outros lugares
Os nomes dos poetas populares
Deveriam estar na boca do povo

No contexto de uma sala de aula
Não estarem esses nomes me dá pena
A escola devia ensinar
Pro aluno não me achar um bobo
Sem saber que os nomes que eu louvo
São vates de muitas qualidades
O aluno devia bater palma
Saber de cada um o nome todo
Se sentir satisfeito e orgulhoso
E falar deles para os de menor idade
Os nomes dos poetas populares

.............
.
Ao ler essa poesia sinta-se esbofeteado. Sinta-se com peso de não dar o devido valor aos "poetas populares".
.
Essa poesia na voz de Maria Bethânia com os tambores dando o ritmo da fala e a intensidade crescente a cada frase, me arrepia.

3 comentários:

Aryane: no jardim dos lírios disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aryane: no jardim dos lírios disse...

Há meu Lorca barsileiro....

É bom saber que eu posso contar com vc,menio do sorriso de anjo, aurea de poeta,e ator devaneiado. literalmente um menino homem.
Vc é meu escritor preferido depois de: Lorca, Drummond,Quitana, Pablo Neruda... rsrsrrs!!!!
Eu tb gosto muito do que vc escreve,me tráz uma certa paz,é gostoso de ler,e fascinante de decifrar, me sinto no mundo dos poetas e eu adoro.. Eu sei q a casada infiel é um pedaço de vc,mas Dri esse poema de (Lorca) também é um pedaço de mim sabia????? será q vc pode dividir comigo????? em BB? (risos)

beijos
Ary

O Véio disse...

Pois é, né!

A busca é mais digna que a verdade, por ser esta uma maquiagem criada por quem fez aquela.

Quem busca sabe, quem vive vê. A verdade é conceito e relativa. A vida, só ela nos revela o que é e o que há de ser.

Concordo com a Aryane, gosto da paz de te ler, grande Veríssimo! (Apesar de tua "verdade" não ser mero conceito, mas fato inegável e fabuloso rsrs)

Abração.

;-)

P.S.: Vamos marcar uma data em Julho, para fecharmos "O Círculo"?